segunda-feira, 26 de setembro de 2022

MARCO DAPPER

O californiano Marco Dapper é um ator mais de televisão do que de cinema. E é mais conhecido por participar de dramas e romances. Assim, não foram muitos os filmes de terror com os quais ele se envolveu até hoje.
A estreia dele na área foi em 2011, quando ele apareceu em I Choose Chaos.
Em 2013, o Marco foi visto num filme de terror que (não encontrei nenhuma explicação de por qual motivo) foi lançado ao mesmo tempo com 2 títulos: Like a Bat Outta Hell e Nowhere Else.
Aliás, esse filme tinha tudo pra ser bom, mas conseguiram afundar ele pelo excesso de... bizarrices vistas ali do início ao fim.
Há personagens que simplesmente somem no meio da história, há situações que você não consegue entender se tão acontecendo no início ou no fim da história (até porque tem cenas de flashback misturadas com cenas que tão acontecendo em tempo real), a gente fica sem entender direito quem é herói e quem é vilão na história...
O filme é mencionado como inspirado numa história real, de uma pessoa que (assim se diz) foi atacada por um morcego muito maior do que o normal.
Bom, na Oceania e no Sudeste da Ásia existe a crença em assombrações locais conhecidas como ahools e orang-batis, que são uma espécie de mistura entre macacos e morcegos. De acordo com as lendas locais, eles habitam as selvas daquelas regiões, são maiores do que um ser humano e são muito ferozes.
Na verdade foi nisso que os ‘morcegões’ vistos no filme foram inspirados. E é por isso que eu disse que é um filme que tinha tudo pra ser bom: tem um tema diferente e que cabe bem num filme de terror, né?
Bom, em 2015, o Marco apareceu em The Summoning.
Em 2019, ele participou de Chiroptera.
E em 2021, Shapeless contou com o Marco no elenco.
Mais informações sobre o ator? Lá vai:


Até a próxima!

quarta-feira, 21 de setembro de 2022

CAÇADA AO PREDADOR

título original: DNA
título brasileiro: Caçada ao Predador
ano de lançamento: 1996
países: Estados Unidos / República das Filipinas
elenco principal: Mark Dacascos, Robin McKee, Tom Taus
direção: William Mesa
roteiro: Nick Davis

O Dr. Ash é o principal responsável pelo caótico hospital de uma pequena cidade no Norte de Bornéu.
Quando vai entrar pra mais um dia de trabalho, ele vê uma médica da CIA chamada Claire chegando ao vilarejo, ao mesmo tempo em que uma enfermeira chama ele e conta que chegou o cadáver de uma menina, que tá cheia de marcas de unhas e dentes de algum tipo de fera que ninguém nunca viu!
A Claire chega ali e observa o cadáver também. E ela explica que foi enviada ali pra ajudar o Ash a resolver os problemas. Mas ela também conta que trabalha junto com um cara chamado Carl, fazendo o Ash se surpreender: 2 anos antes, esse sujeito tentou matar o Ash numa caverna depois de roubar um besouro raro que o médico tinha descoberto e, pelo que os jornais noticiavam, ele morreu naquela época mesmo.
A Claire explica que o Carl forjou a própria morte pra que ninguém atrapalhasse ele nas pesquisas que ele tava fazendo. Mas a CIA perdeu contato com ele há alguns dias. E assim, a médica gostaria de investigar o que houve.
Ela convence o Ash a levar ela à floresta pra fazer isso, dando início a uma aventura aterrorizante...

Produzido nos Estados Unidos e filmado nas Filipinas, Caçada ao Predador bebeu muito na fonte do Predador (1987).
Não só o monstro daqui se parece muito com o monstro de lá (uma criatura de origem extraterrestre, que tem o poder de ficar transparente, que enxerga em infravermelho e que anda por uma floresta matando os humanos que encontra pelo caminho) como também várias cenas da luta final entre o Ash e o monstro quase seguem passo a passo as cenas de lutas entre o Dutch e o Predador.
O problema principal que eu posso destacar é que o roteiro só foca no monstro na parte final do filme: durante a maior parte da história, o Carl funciona como o vilão principal, enquanto o monstro é visto mais como um perigo eventual (embora já fique claro que ele faz vítimas por aí desde que o cadáver da menina chega ao hospital).
Não que isso estrague o filme. Mas eu acho que uma ‘mudança de vilão principal’ assim funciona melhor num seriado do que num longa, né?
De qualquer forma, se você é fã da franquia O Predador ou de aventuras de terror que se passam em florestas em geral, você vai gostar de Caçada ao Predador.
Mais informações sobre o filme? Lá vai:


E dê uma clicada aí do lado em ‘produções mexicanas’ que você acha um post sobre O Predador.
ATENÇÃO: esse post é inédito! Não consta na Bússola do Terror!
Até a próxima!

sábado, 17 de setembro de 2022

EMMANUEL DELCOUR

O francês Emmanuel Delcour segue atualmente na carreira de culinarista, aparecendo com frequência em programas sobre esse assunto nos Estados Unidos. Mas até 2019, ele teve uma carreira significativa como ator pornô, usando os nomes de Jean Val Jean, Alex Doriano e Sasha.
E ali, em 2006, ele participou de um filme de terror pornô: Sacred Sin.
E em 2009, o Emmanuel participou de um filme de terror convencional: Immortally Yours.
Mais informações sobre o ex ator? Lá vai:










ATENÇÃO: esse post é inédito! Não consta na Bússola do Terror!
Até a próxima!

quinta-feira, 15 de setembro de 2022

CONTOS DA ESCURIDÃO

título original: Tales from the Darkside: the Movie
título brasileiro: Contos da Escuridão
ano de lançamento: 1990
país: Estados Unidos
elenco principal: Christian Slater, David Johansen, Matthew Lawrence
direção: John Harrison
roteiro: Arthur Conan Doyle, Lafcadio Hearn, Stephen King (autores dos textos originais), George A. Romero e Michael McDowell

Uma mulher de aparência insuspeita cumprimenta os vizinhos enquanto volta das compras e chega em casa. Mas ninguém ali imagina que ela mantém um menino prisioneiro numa cela na cozinha dela. E ela pretende cozinhar ele e usar como prato principal num jantar naquela noite.
Enquanto ele ficou sozinho, ela deu a ele um livro de histórias de terror. E quando o menino vê que a mulher já vai começar a cozinhar ele, começa a contar 3 dessas histórias pra distrair ela...

Contos da Escuridão foi uma espécie de homenagem ao seriado Galeria do Terror, lançado em 1983 e encerrado em 1988. E como cada episódio desse seriado era um curta-metragem de terror, o filme foi formado por 3 curtas de terror, ligados um ao outro por uma 4ª história (a do menino lendo o livro pra distrair a psicopata canibal).
E claro: conforme ele vai lendo, a imagem sai dele e vai pra história que ele tá contando.
A 1ª história que ele lê no livro foi inspirada no conto Lot No. 249 (1892), do escocês Arthur Conan Doyle; a 2ª foi inspirada no conto O Gato dos Infernos (1977), do estadunidense Stephen King; e a 3ª foi inspirada numa passagem do livro Kwaidan ou Histórias e Estudos de Coisas Estranhas (1904), do grego Lafcadio Hearn.
Sem entrar em spoilers, a 1ª história é sobre um universitário que usa um antigo feitiço egípcio pra se vingar de colegas que fizeram uma trapaça contra ele antes, a 2ª é sobre um gato sobrenatural que leva o caos aos moradores de uma mansão e a 3ª é sobre um artista plástico decadente que faz um pacto com um monstro sem imaginar em que situação ele vai reencontrar a criatura depois.
Hoje, Contos da Escuridão também chama a atenção por trazer no elenco o Christian Slater, que na época ainda era um pós-adolescente semifamoso com 10 anos de carreira.
Uma continuação foi planejada logo depois do lançamento do filme. Mas nunca saiu do papel.
Mais informações sobre Contos da Escuridão? Lá vai:


ATENÇÃO: esse post é inédito! Não consta na Bússola do Terror!
Até a próxima!

terça-feira, 13 de setembro de 2022

10 LUGARES DE PASSADO SINISTRO X

ILHA DO MEL
Onde se localiza?
De acordo com o filme Terror no Pântano, a Ilha do Mel se localiza num pântano da Louisiana.
Na verdade, é um pouco difícil entender se o que chamam de “Ilha do Mel” é uma ilha fluvial ou um arquipélago palustre, pois tanto no 1º filme em que ela foi mencionada quanto nas suas continuações, os personagens parecem se referir àquela região toda com esse nome.
E a Marybeth Dunstan deixa claro que existe uma estrada alguns quilômetros atrás da casa da Família Crowley que leva à cidade. Ou seja, a não ser que a tal estrada passe por uma ponte sobre o rio do pântano, a Ilha do Mel não é exatamente uma ilha.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Aparentemente, a Ilha do Mel foi um lugar pacífico até os primeiros anos depois da chegada do Casal Crowley: um lenhador chamado Thomas e uma feiticeira vodu chamada Shyann.
Em 1944, eles foram morar sozinhos numa casa isolada ali. Mas um dia, a mulher foi derrubada por uma espécie de câncer no estômago que consumiu ela por anos. E assim, o marido contratou uma enfermeira chamada Lena pra cuidar dela. Mas, enquanto a Shyann se acabava, o Thomas e a Lena se tornaram amantes. E quase 1 ano depois disso, a Lena tava grávida e a Shyann começou a dar os últimos suspiros...
Ao verem ela aparentemente morta, o Thomas e a Lena se beijaram, acreditando que agora podiam se casar e começar uma nova vida. Mas a Shyann ainda chegou a ver a cena. E reunindo as últimas forças dela, amaldiçoou o feto que a Lena carregava, caindo morta logo depois.
Com efeito, o bebê nasceu tão carregado de energias negativas e com uma aparência tão monstruosa que a Lena morreu horrorizada no mesmo segundo em que olhou pra ele. E os animais ao redor da casa adoeceram e morreram.
O Thomas deu ao filho o nome de Victor e criou ele sem contato com outras pessoas. A princípio, querendo esconder o passado dele; depois, porque realmente ficou preocupado com o bullying que o menino sofria das outras crianças devido à aparência dele. E passou a deixar o Victor trancado em casa quando saía, pra que ele ficasse seguro.
Anos depois, numa noite de Halloween, 3 meninos foram até a casa do Victor num momento em que ele se encontrava sozinho e incendiaram o lugar. E o Thomas, que chegou logo depois, começou a arrombar a porta a golpes de machado. Mas uma das machadadas acertou a cara do Victor do outro lado da porta, matando ele.
O Thomas morreu de depressão 10 anos depois. E quando isso aconteceu, o Victor ressuscitou (provavelmente como parte da maldição vodu que ele tinha recebido), passando a vagar pelo pântano à procura do pai e matando sadicamente todas as pessoas que ele encontrava ali. Agora, dotado de uma força física ilimitada e capaz de sobreviver a qualquer tipo de golpe mortal.
Há muito tempo já se perdeu as contas de quantas pessoas morreram na Ilha do Mel nessas condições. E essa situação começou a passar por algumas mudanças a partir de 2006, quando o Victor matou um dos garotos que incendiaram a casa dele no passado, chamado Sampson Dunstan (em 2006, já um coroa com filhos adultos), que tinha ido ao pântano caçar aligátores. E a filha dele, a Marybeth mencionada acima, sabendo que o pai tinha sumido no pântano, mas sem imaginar que ele tinha sido morto pelo Victor, foi até lá acompanhando um grupo turístico, pretendendo resgatar o pai.
O Victor foi abatendo todos que tavam no grupo da Marybeth, mas ela conseguiu fugir depois de muitas dificuldades.
A garota voltou à Ilha do Mel mais 2 vezes pouco depois disso, acompanhada por outros grupos de pessoas (o que resultou em mais 2 massacres, é claro). E na 2ª, ela conseguiu dissolver o Victor, jogando nele as cinzas do falecido Thomas (já que o Victor tava todos aqueles anos à procura do pai, jogar o que sobrou do corpo do pai contra ele deu fim à maldição).
Entretanto, 10 anos depois disso, outro grupo de pessoas que foram até o pântano acabaram trazendo o Victor de volta através de um feitiço vodu. E isso fez com que o terror na Ilha do Mel se prolongasse até hoje.

Como esse lugar se encontra atualmente?
A Ilha do Mel nunca foi um lugar extremamente movimentado. Só quem costuma ir lá são caçadores, pescadores e eventuais curiosos (os únicos residentes fixos parecem ter sido o Casal Crowley e depois o próprio Victor). E assim, o lugar nunca sofreu nenhuma grande alteração até hoje.

Alguém ainda mora lá?
Vejam a resposta anterior.
ILHA DOS SASQUATCHES
Onde se localiza?
De acordo com o filme A Tribo, essa ilha faz parte do Arquipélago das Antillas Mayores.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Em 1922, uma expedição científica que foi à ilha descobriu ali uma manada de sasquatches. Mas as feras acabaram matando todos os humanos que se encontravam ali na ocasião.
Em 2009, 5 jovens náufragos chegaram à ilha, não demorando a ser atacados pelos sasquatches.
Só uma garota do grupo, chamada Liz, sobreviveu, já que ela matou o líder da manada na frente dos outros, fazendo com que eles recuassem ao ver a cena e permitissem que ela voltasse à praia e escapasse da ilha numa embarcação improvisada.

Como esse lugar se encontra atualmente?
A ilha nunca sofreu nenhuma mudança conhecida.

Alguém ainda mora lá?
Os sasquatches nunca foram tirados de lá. Assim, provavelmente eles ainda são os habitantes dominantes da ilha.
ILHA DOS TROGLODITAS
Onde se localiza?
O filme A Tribo II não dá nenhuma informação significativa sobre a localização exata da ilha.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
A ilha é habitada por trogloditas que, por motivos desconhecidos, não evoluíram e mantiveram a estrutura física pré-histórica que tinham antes.
Em 2009, um grupo de náufragos chegaram ali, encontrando também um grupo de católicos fundamentalistas que pretendiam matar os humanos que tivessem visto os trogloditas: se a existência das criaturas fosse divulgada, isso seria uma prova muito concreta do Darwinismo, dando fim às velhas ignorâncias cristãs sobre o assunto.
Incomodados com a presença humana na ilha, os trogloditas foram dando fim a 1 por 1 dos invasores.
Só uma garota do grupo, chamada Anna, sobreviveu, já que ela matou o líder da tribo na frente dos outros, fazendo com que eles recuassem ao ver a cena e permitissem que ela voltasse à praia e escapasse da ilha num bote.

Como esse lugar se encontra atualmente?
A ilha como um todo não sofreu nenhuma mudança.

Alguém ainda mora lá?
Os trogloditas nunca foram tirados de lá. Assim, provavelmente eles ainda são os habitantes dominantes da ilha.
LAGO PROTRACHIAN
Onde se localiza?
De acordo com o filme Terror na Água 3D, esse lago se localiza numa área meio isolada da Louisiana, embora o lugar exato nunca seja explicado com clareza.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Em 2011, o xerife da cidade vizinha ao lago, chamado Sabin, se juntou a 2 psicopatas locais, chamados Dennis e Red, com a intenção de filmar tubarões matando pessoas. E assim, encheram o Lago Protrachian com dezenas de tubarões, depois de terem prendido câmeras nos corpos das feras.
Essa situação durou até que uma ex namorada do Dennis, chamada Sara, chegou lá com um grupo de amigos pra passar uns dias na casa que ela tinha à beira do lago.
Depois que os tubarões já tinham vitimado a maioria dos amigos da Sara, o Sabin prendeu um dos rapazes, chamado Nick, pretendendo filmar ele sendo devorado pelos tubarões. Mas o Nick conseguiu reverter a situação no último segundo, fazendo o Sabin cair na própria armadilha que ele tinha preparado e morrer entre os dentes da fera.
Depois disso, o Nick nadou até um barco no qual o Dennis e o Red tinham prendido a Sara numa jaula, pretendendo afundar ela no lago nessas condições.
O Nick agarrou o Red, fazendo ele de refém e mandando o Dennis soltar a Sara. Mas, pra surpresa dele, o Dennis matou o Red com um golpe de faca e partiu pra cima do Nick. E os 3 acabaram caindo na água.
Um dos tubarões atacou e devorou o Dennis logo de cara. E depois tentou arrebentar a jaula onde a Sara se encontrava presa pra comer ela. Mas o Nick conseguiu matar o tubarão e salvar a Sara.

Como esse lugar se encontra atualmente?
A última cena do filme mostra que o lago continuou tão cheio de tubarões quanto tava desde a 1ª cena. Então, as condições atuais do lago ainda são as mesmas em que ele se encontrava durante o filme todo.

Alguém ainda mora lá?
Embora algumas pessoas tivessem casas de veraneio instaladas às margens do lago, aparentemente ninguém MORAVA propriamente ali. As pessoas iam ao lago mais a passeio ou pra passar as férias.
MANSÃO HEELSHIRE
Onde se localiza?
De acordo com o filme Boneco do Mal, essa mansão se localiza numa região florestal da Inglaterra.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Essa mansão pertencia à Família Heelshire, cujos últimos membros conhecidos eram um homem e uma mulher (identificados apenas como “Sr. Heelshire” e “Sra. Heelshire”) e o filho único deles, chamado Brahms.
O menino sempre foi considerado estranho tanto pelo pai quanto pelos habitantes da cidade vizinha. E em 1991, ele matou uma menina que costumava ir à mansão pra brincar com ele, deixou o cadáver dela na floresta e, aparentemente, incendiou a mansão depois disso, ficando com o rosto deformado pelo fogo.
O Sr. e a Sra. Heelshire disseram à polícia que o Brahms tinha morrido no incêndio, pretendendo forjar a morte dele pra que ele não precisasse responder pela morte da menina. E assim, construíram passagens secretas por trás de todas as paredes da casa, dando acesso a um quarto sem janelas onde ele ficava escondido quando algum visitante chegava.
Ele também passou a usar uma máscara de porcelana pra cobrir as deformações que adquiriu.
O casal passou a ‘criar’ um boneco de porcelana do tamanho de uma criança humana como se aquilo fosse o verdadeiro Brahms, se deixando ver em público com o boneco (dá pra ver que isso foi resultado de algum desequilíbrio mental da mulher, já que o homem, ao contrário dela, não via grandes problemas em admitir diante de estranhos que ele sabia que o boneco não era o menino).
Eles viveram nessas condições e se isolando cada vez mais até 2016, quando só permitiam que um rapaz chamado Malcolm, dono de um mercado da cidade vizinha, entrasse na casa pra levar as compras deles.
Naquele ano, o casal decidiu se suicidar, não conseguindo mais suportar a situação. E depois de contratar uma babá americana chamada Greta pra cuidar do boneco, eles foram embora da casa pra sempre, sem revelar o que iam fazer. E depois mandaram uma carta pro Brahms dizendo que a Greta cuidaria dele dali pra frente.
Ao ver que tava começando um romance entre o Malcolm e a Greta, o Brahms, sem se revelar, tentou atrapalhar, deixando objetos e o próprio boneco fora dos lugares em que ela tinha deixado, pra assustar ela.
Depois disso, o ex namorado violento da Greta, chamado Cole, descobriu o paradeiro dela e foi até a mansão, tentando reatar com ela. Mas o Brahms tentou assustar o cara, deixando ratos mortos perto dele e escrevendo um “VÁ EMBORA!!!” com sangue na parede da sala.
Achando que foi a Greta quem fez aquilo, o Cole tomou o boneco das mãos dela e espatifou ele contra uma cadeira. E isso fez o verdadeiro Brahms sair do seu esconderijo atrás das paredes e matar o Cole.
Depois disso, o Brahms também atacou o Malcolm e a Greta, mas eles conseguiram fugir pela mansão por algum tempo, até que o Brahms golpeou o Malcolm e fez ele cair imóvel.
A Greta escondeu uma chave de fenda na roupa dela e disse ao Brahms que tinha que cuidar dele e que ele tinha que seguir as regras. E não demorou a conseguir enfiar a chave de fenda na barriga dele, matando ele depois de muito sacrifício.

Como esse lugar se encontra atualmente?
Com uma aparência visivelmente abandonada, mas ainda de pé.

Alguém ainda mora lá?
Depois da morte do Brahms, ninguém nunca mais morou na mansão.
MANSÃO JEKYLL
Onde se localiza?
De acordo com o filme Jekyll & Hyde, essa mansão se localiza em Budapeste.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
O cientista Henry Jekyll, dono da mansão, era completamente pudico em relação a sexo. E assim, criou uma fórmula no laboratório que ele tinha na mansão, pensando que isso deixaria ele mais solto sexualmente.
De fato, isso aconteceu. Mas teve um efeito colateral: a cada vez que bebia a fórmula, ele se deformava, adquiria uma personalidade violenta e passava a se identificar com o nome de Edward Hyde.
Depois de matar várias mulheres com as quais tinha acabado de transar transformado em Edward Hyde, o Henry Jekyll não aguentou a pressão e se suicidou (o filme não deixa claro se isso ocorreu em 1879 ou 1887).
O mordomo Jack ficou tomando conta da mansão até a filha do cientista, chamada Molly Jekyll, ir até lá pra tomar posse da casa. Mas ela recriou a fórmula com as instruções deixadas pelo pai no laboratório da mansão e, sem saber exatamente do que se tratava, bebeu aquilo. E se transformou numa mutante chamada Flora com as mesmas características do Edward Hyde.
Depois de matar vários homens com os quais tinha acabado de transar transformada em Flora, a Molly acabou decidindo dar fim a tudo aquilo. E no jardim da mansão, ela queimou os papéis nos quais a fórmula pra se transformar se encontrava escrita.
Depois disso, ela voltou pra dentro da mansão e foi transar com o Jack. Mas, durante o sexo, ela ficou indo e voltando na aparência da Flora, mesmo não tendo tomado mais a fórmula. E ao ver que não tinha mais saída (dali pra frente, ela continuaria se transformando pra sempre e fora de controle), ela correu pro laboratório e bebeu um pote de arsênico, caindo morta logo depois.

Como esse lugar se encontra atualmente?
A mansão em si nunca apareceu sofrendo alteração nenhuma.
Assim, se ainda existir, a Mansão Jekyll deve continuar basicamente como era no final do século XIX.

Alguém ainda mora lá?
Depois do suicídio do Henry e, mais tarde, do suicídio da Molly, só quem ficou vivo na Mansão Jekyll foi o Jack. Mas não se sabe se ele continuou morando lá ou se a mansão foi reivindicada por algum outro membro da Família Jekyll.
METRÔ DE LONDRES
Onde se localiza?
Como já ficou óbvio, se localiza no subterrâneo de Londres.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
De acordo com o filme Plataforma do Medo, uma parte do metrô foi abandonada na 2ª metade do século XX, com todas as portas que davam acesso àquele lugar bloqueadas com paredes de tijolos. Mas ali, um médico instalou uma clínica de aborto clandestina.
Ele guardou alguns dos fetos abortados. E submeteu 1 deles a experiências mutantes, resultando num humanoide com limitações mentais extremas, que conseguia no máximo rosnar e repetir algumas frases que ouvia.
Ele foi criado ali, vendo o médico praticar novos abortos ao longo dos anos. E aparentemente recebeu o nome de Craig, já que ele usava uma fita com esse nome amarrada no braço dele (provavelmente, posta lá pelo médico).
Em 2004, o médico morreu (ou foi embora por motivos desconhecidos, já que nunca se viu nenhum sinal do cadáver dele), deixando o Craig sozinho e completamente desnorteado. E assim, ele derrubou o bloqueio de um dos corredores, procurando comida. E aí foi agarrando os humanos que foi encontrando pelo caminho e usando eles com essa finalidade. Quase sempre, mantendo as pessoas que ele capturava prisioneiras numa espécie de engradados, localizados numa divisão do sistema de esgoto.
Às vezes, ele levava alguma mulher capturada pras ruínas da clínica de aborto, amarrava ela na cadeira de aborto e tentava imitar o procedimento que via o médico fazendo. Mas, como ele próprio nem tinha muita noção do que tava fazendo, acabava sempre matando a mulher.
Essa situação durou vários dias seguidos. Até a noite em que uma garota chamada Kate ficou acidentalmente presa numa estação do metrô assim que o estabelecimento fechou: depois de passar todas as horas da madrugada escapando como podia do Craig através das divisões do metrô e do esgoto, ela encontrou um gancho de ferro com uma corrente grudada ali perto do trilho do metrô. E cravando o gancho no pescoço do Craig, ela jogou a corrente no trem seguinte que passou por ali, fazendo com que o mutante morresse degolado.

Como esse lugar se encontra atualmente?
Além de algumas paredes derrubadas, o lugar não sofreu nenhum tipo de destruição. Então, continua como era antes.

Alguém ainda mora lá?
Não.
MOINHO AMALDIÇOADO
Onde se localiza?
De acordo com o filme Massacre no Moinho, essa construção se localiza no meio de uma floresta do interior dos Países Baixos.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Há muitos anos, esse moinho era operado por um moleiro chamado Hendrik. Mas, quando os habitantes da cidade vizinha descobriram que ele fazia sacrifícios humanos ao diabo, tacaram fogo no moinho com o moleiro dentro.
Quando o Hendrik chegou no Inferno, o diabo transformou ele numa espécie de demônio serviçal, encarregado de matar pecadores que não se arrependem e levar eles pro Inferno.
O diabo também deu a ele um demônio serviçal de posto mais baixo chamado Abe, com o poder de matar os inocentes e os arrependidos, já que o Hendrik não teria poder pra fazer mal a esses.
Por fim, o diabo reconstruiu o moinho, fazendo dele a base de operações do Hendrik e do Abe e também tornando o moinho indestrutível: mesmo que ele seja incendiado, ele se reconstrói pouco depois disso.
E o Hendrik eventualmente deixa as armas dele e restos mortais das vítimas dele lá dentro.
Parecem existir tabus locais relacionados ao moinho, já que não há registros recentes sobre ele nos mapas, ou seja, os habitantes da cidade vizinha parecem querer fazer de conta que ele nem existe.

Como esse lugar se encontra atualmente?
Seguindo exatamente o processo descrito acima: sendo eventualmente destruído por vítimas do Hendrik que tentam se defender dele, mas se reconstruindo logo depois devido ao poder do diabo.

Alguém ainda mora lá?
Ninguém parece morar propriamente lá.
O próprio Hendrik é visto com mais frequência rondando pelas imediações do moinho do que lá dentro.
MONTE LINCOLN
Onde se localiza?
De acordo com o filme A Criatura da Montanha, o Monte Lincoln é um vulcão extinto que se localiza ao lado da cidade de Ascenção.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Em 2010, o monstro Behemoth, do tamanho de uma montanha, aparentemente recebendo ordens de deuses de civilizações antigas, começou a se movimentar na direção da superfície, aproveitando pra usar a cratera do Monte Lincoln como caminho.
Detetando a movimentação daquele corpo gigantesco no subterrâneo subindo na direção daquela região, o Serviço de Missões Secretas dos Estados Unidos mandou 2 agentes até lá em 2011. Não só pra estudar o fenômeno, mas também pra matar a criatura assim que ela aparecesse, atingindo ela com uma espécie de bazuca superpotente.
Como o vulcão é coberto por uma floresta e terremotos cada vez mais comuns começaram a se manifestar ali, os agentes apoiaram o equipamento entre as árvores. Mas ambos foram mortos por desabamentos de pedras causados pelos terremotos.
No mesmo dia, do outro lado do vulcão, um grupo de madeireiros cortavam lenha quando um dos terremotos derrubou uma árvore sobre um dos homens e quebrou a perna dele. Mas, apesar de reagir sem nenhum incômodo além da dor da fratura, o cara morreu logo depois enquanto tava deitado no chão da floresta, assim como os animais de pequeno porte que andavam pelo chão da floresta: existia um vazamento de gás carbônico que, por ser mais pesado do que o ar, fica só a poucas dezenas de centímetros do chão, ou seja, quem ficava a essa altura do chão respirava aquilo e poucos minutos depois morria asfixiado.
Com o desaparecimento dos 2 agentes, a instituição deles mandou um 3º, chamado Jack, pra recuperar o equipamento que tinha ficado na floresta do vulcão. E ele se identificou a um morador de Ascenção chamado Thomas como um geólogo e contratou o cara pra guiar ele até o alto do vulcão, frisando que precisava chegar lá a qualquer preço.
Enquanto andavam entre as árvores, eles encontraram a ex namorada do Thomas, uma geóloga chamada Emily, que deduziu que o vulcão tava entrando em erupção devido ao comportamento da Natureza como um todo na região.
Assim, eles desceram às pressas pra evacuar a cidade, mas o Jack decidiu subir sozinho.
No dia seguinte, o Thomas e a Emily subiram de novo pra procurar a Grace, a irmã do Thomas, que tinha ido passear no vulcão com o namorado Jerrod. E eles reencontraram o Jack ferido devido a um dos terremotos que não paravam, explicando finalmente a eles o que se passava.
O Jack contou ao Thomas sobre uma maleta com a arma que os outros agentes tinham levado pra lá. E disse que ele tinha que recuperar a arma pra matar a criatura quando ela aparecesse. Mas um dos tentáculos do monstro saiu pelo alto do vulcão, chicoteou aleatoriamente toda a região ali e matou o Jack ao fazer isso.
Depois de terem encontrado a arma, o Thomas e a Emily encontraram o Jerrod e a Grace pendurados na beira de um abismo, enquanto o Behemoth mostrava a cara num buraco no chão lá embaixo. E embora eles conseguissem salvar a Grace, o Jerrod despencou direto dentro da boca da criatura.
Depois disso, o Thomas terminou de montar a bazuca e atirou na boca do Behemoth assim que ela se abriu, o que explodiu o corpo da criatura de dentro pra fora e deu fim a ela.

Como esse lugar se encontra atualmente?
Depois que o Thomas matou o Behemoth, parece que tudo se acalmou. Mas o vulcão ficou cheio de marcas das avalanches causadas pelos terremotos.

Alguém ainda mora lá?
Até onde se pode ver, ninguém nunca morou na floresta do vulcão.
As residências mais próximas ficavam na cidade de Ascenção, ao lado dele.
ORR ISLAND
Onde se localiza?
De acordo com o filme Hospedeiros – A Ameaça Interior, Orr Island é uma ilha que se localiza no litoral do Maine.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Pra início de conversa, os habitantes de Orr Island nunca gostaram de forasteiros. Então, quem chegava lá já tinha que esperar receber todas as mensagens diretas e indiretas de “Você não é bem-vindo aqui!” vindas dos moradores da ilha.
Mas o pior aconteceu no ano 2000, quando a ilha foi invadida por um enxame de insetos-tatus, já que essas criaturas mataram quase todos os humanos e animais da ilha e obrigaram os poucos sobreviventes a fugirem.

Como esse lugar se encontra atualmente?
Apesar dos ataques dos insetos-tatus e do extermínio generalizado que ocorreu em Orr Island, as construções não sofreram nenhum tipo de grande destruição em momento nenhum.
Assim, os vestígios da passagem humana pela ilha continuam de pé.

Alguém ainda mora lá?
Até 2ª ordem, Orr Island é uma ilha abandonada.
Não se sabe se, depois do extermínio dos insetos-tatus, os moradores sobreviventes voltaram pra lá.

Posts sobre as produções em que esses lugares apareceram:

A Criatura da Montanha (2011)


A Tribo e A Tribo II (ambos de 2009)


Boneco do Mal (2016)


Hospedeiros (2000)


Jekyll & Hyde (2000)


Massacre no Moinho (2016)


Plataforma do Medo (2004)


Terror na Água 3D (2011)


Terror no Pântano (2006)


Até a próxima!

domingo, 11 de setembro de 2022

10 LUGARES DE PASSADO SINISTRO IX


BECO DA CALIFÓRNIA
Onde se localiza?
O filme Batman: Dead End não explica onde o beco se localiza. Mas, como o filme foi gravado na Califórnia, vamos supor que o beco se localize na Califórnia.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Em 2003, quando o Coringa fugiu do hospício onde tava preso, o Batman perseguiu ele, conseguindo encurralar o bandido nesse beco sem saída, num centro urbano não identificado.
Mas a luta deles foi interrompida por um alien, que matou o Coringa e depois se posicionou pra matar o Batman também. Só que o herói matou o monstro antes disso.
Pouco depois, o Batman percebeu que tava cercado por um bando de aliens e outro bando de predadores, que supostamente escolheram aquele beco pra servir como um campo de batalha entre eles.
Como o Batman ficou exatamente no meio do lugar onde os 2 bandos de extraterrestres iam se chocar um contra o outro, não se sabe se ele sobreviveu a isso.

Como esse lugar se encontra atualmente?
O beco propriamente não sofreu nenhum tipo de destruição.
Então, continua como era antes.

Alguém ainda mora lá?
Como se trata de um beco, provavelmente ninguém (além de eventuais mendigos procurando abrigo) nunca morou lá.
CASTELO DE KHALAR ZYM
Onde se localiza?
O filme Conan, o Bárbaro nunca explica com detalhes onde esse castelo se localiza. Mas fica obviamente numa região litorânea e, pela lógica, no mesmo continente onde ficava a terra dos cimérios.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
O castelo era o lar de uma família de feiticeiros: o pai Khalar Zym, a filha Marique e, em tempos mais antigos, a falecida esposa do Khalar.
Todos tinham índoles perversas e ambiciosas.
Nos esgotos subterrâneos do castelo era mantido um tipo de polvo monstruoso, que servia como uma espécie de ‘cão de guarda’ contra os invasores. E vários guardas também ficavam espalhados ali pra dar fim a quem se atrevesse a entrar.
Ao lado do castelo ficava uma espécie de altar, onde os feiticeiros faziam sacrifícios humanos.
Embora o castelo tenha servido como base de vários malefícios, lá dentro exatamente nunca aconteceu nenhuma tragédia inenarrável.

Como esse lugar se encontra atualmente?
A batalha final entre o Conan e o Khalar aconteceu fora do castelo. E assim, o castelo em si não foi destruído.

Alguém ainda mora lá?
Depois da morte do Khalar e da Marique (e aparentemente de todos os guardas que moravam lá), o castelo ficou abandonado.
ÁREA FLORESTAL DA CORDILHEIRA DO HIMALAIA
Onde se localiza?
A Cordilheira do Himalaia é uma espécie de fronteira natural entre a China e a Índia, embora também toque nos territórios de outros países, como o Afeganistão, o Butão e o Nepal.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
De acordo com o filme Yeti, tanto em 1972 quanto em 2008, pessoas que chegaram a uma parte florestal do Himalaia, que se distingue da maior parte da cordilheira, rochosa e com pouca vegetação, foram vitimadas por yetis.
Aliás, o grupo que chegou lá em 2008 só se fez presente ali devido a um acidente de avião em que a maior parte da tripulação morreu.

Como esse lugar se encontra atualmente?
A cordilheira em si nunca sofreu nenhum tipo de dano.

Alguém ainda mora lá?
Embora a quantidade de yetis seja visivelmente pequena, ainda existem alguns vivos lá.
ESGOTOS DE CHICAGO
Onde se localizam?
Por incrível que pareça, apesar do nome, isso não é muito claro.
Durante a maior parte do filme Alligator, os personagens deixam claro que se referem às instalações de esgoto do subterrâneo de Chicago. Mas Chicago fica no Illinois. E uma placa vista no início do filme mostra que a história se passa no Missouri.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Desde o final dos anos 60, um laboratório que fazia experiências ilegais usando cachorros como cobaias jogava as carcaças que sobravam nos esgotos de Chicago. E um filhote de crocodilo que foi parar ali em 1968 começou a comer essas carcaças pra não morrer de fome.
Depois de 12 anos se alimentando dessa carne geneticamente modificada, a criatura se transformou num crocodilo mutante gigante. E passou a devorar os humanos que ele eventualmente encontrava nas galerias de esgoto, mas deixava sempre pequenos pedaços de cadáveres que iam flutuando até as saídas de esgoto e eram encontradas lá.
Isso fez 2 policiais chamados David Madison e Jim Kelly irem investigar as galerias em 1980. Mas o crocodilo atacou os 2, matando o Jim.
Depois de ouvir essa história contada pelo David, um repórter sensacionalista chamado Thomas Kemp decidiu ir até as galerias de esgoto pra investigar a situação, acabando por se tornar a nova refeição do monstro. Mas ele morreu fotografando o ataque que tava sofrendo. E quando a câmera foi encontrada, não ficou nenhuma dúvida do tipo de criatura que vivia nos esgotos de Chicago.
Assim, a polícia da cidade se mobilizou pra encontrar a fera. E numa noite em que a maioria dos policiais se juntaram pra botar o bicho pra fora do esgoto (vários deles entraram nas galerias fazendo barulho), numa rua não muito longe dali, o monstro arrebentou um bueiro e saiu pra superfície, incomodado com o barulho lá embaixo.
Depois de causar várias destruições na superfície, a criatura acabou voltando pras galerias de esgoto poucos dias depois. E ao ver isso, o David decidiu ir atrás da fera, armado com um tanque de gás lacrimogêneo e uma bomba relógio.
Quando ele entrou, não demorou a encontrar o monstro. Mas, apesar de usar o gás contra ele, isso não produziu nenhum efeito.
O David começou a correr na direção de um bueiro e programou a bomba pra explodir dali a 2 minutos, escapando poucos segundos antes da explosão, que destruiu a criatura.

Como esse lugar se encontra atualmente?
Apesar das várias situações turbulentas que se passaram ali, os esgotos de Chicago não sofreram nenhuma grande destruição. E continuam funcionando de forma normal até hoje.

Alguém ainda mora lá?
A última cena do filme mostrou outro filhote de crocodilo caindo lá. Mas não se sabe se ele sobreviveu.
HOTEL DA MONTANHA STEHOE
Onde se localiza?
De acordo com a franquia Presos no Gelo, esse hotel se localiza no alto da Montanha Stehoe.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Nos anos 70, o hotel pertencia à Família Brath, composta por um homem chamado Gunnar, a esposa Sigrid e o enteado Geir.
Como o menino nasceu com uma certa deformação do lado esquerdo do rosto e sempre teve um histórico de saúde meio estranho (inclusive, nasceu aparentemente morto, só passando a respirar e a ter batimentos cardíacos 4 horas depois de ter nascido), os turistas começaram a ficar com medo de ir ao hotel, causando sérios prejuízos ao estabelecimento.
O Gunnar, que nunca gostou do enteado devido às características físicas dele, passou a trancar o Geir no porão, sem despertar reações da submissa Sigrid.
E numa vez em que o Geir fugiu, o Gunnar perseguiu ele pela neve e enterrou ele lá. E depois, o casal chamou a polícia no hotel e, aparentando total inocência, comunicou o desaparecimento do menino e disse que não sabia pra onde o filho tinha ido.
Mas, devido à sua capacidade de resistência física anormal, o Geir sobreviveu enterrado na neve por alguns dias, até ser encontrado e desenterrado por um eremita chamado Jon. E voltando ao hotel, matou a facadas a mãe e o padrasto, sumindo com os cadáveres deles pra sempre pouco depois.
O Geir deixou o hotel logo depois e, em 1988, já adulto e tendo passado por algumas desventuras ao lado do Jon, ele voltou sozinho ao hotel, onde ficou morando escondido pelos 18 anos seguintes.
Nesse meio tempo, ele matou centenas de pessoas e animais que encontrava nas proximidades do hotel ou então que tivessem entrado desavisadamente no hotel, sempre jogando os cadáveres no fundo de uma geleira ali perto (aparentemente, a infância traumática que o Geir teve somada aos anos sob a orientação do Jon, que era um cara perverso por natureza, enlouqueceram o Geir por completo e desenvolveram nele irreversivelmente uma personalidade agressiva em fase extrema).
Em 2006, um grupo de 5 jovens chamados Eirik, Mikal, Morten, Ingunn e Jannicke foram se abrigar no hotel, já que o Morten tava com uma perna seriamente ferida e eles não tinham como descer a montanha carregando ele.
Os garotos não demoraram a perceber marcas de violência em alguns cômodos do hotel, como manchas de sangue e objetos quebrados. Mas como acharam que o lugar agora se encontrava abandonado e não podiam fazer nada além de esperar amanhecer pra ir embora, decidiram ficar.
Escondido pelos corredores sombrios, o Geir foi observando eles, até que matou a Ingunn e depois feriu mortalmente o Eirik. E depois atacou o Mikal, que conseguiu fugir correndo e contou aos outros o que ele viu.
Não demorou muito e ele decidiu fugir sozinho do hotel, deixando o Morten e a Jannicke pra trás. Mas pisou numa armadilha enterrada na neve a poucos metros do hotel, que quebrou a perna dele, permitindo que ele se tornasse a próxima vítima do Geir.
Andando pelo hotel à procura de um jeito de fugir dali com o Morten, a Jannicke encontrou o Eirik caído no chão. Mas ela não tinha como pegar ele e tirar dali, pois viu que o Geir tava se aproximando. E ao ver que a Jannicke tava armada e correu pra junto do Morten, ele pegou o Eirik e foi carregando o garoto na frente dele como escudo.
Pouco depois, o Geir matou o Eirik e depois se preparou pra avançar em cima dos outros 2. Mas o Morten mandou a Jannicke correr, pois tava óbvio que ele não tinha chance de fugir com o ferimento na perna.
A Jannicke conseguiu sair do hotel e, depois de uma difícil luta, fez o Geir cair no fundo da geleira e depois fugiu.
Não demorou muito e o Geir, que sobreviveu à queda, causou um novo massacre longe dali e depois se colocou de volta a caminho do hotel.
Antevendo que ele ia fazer isso, a Jannicke seguiu ele até lá. E embora tenha chegado antes dele, ela pegou no sono devido ao frio e não viu quando ele entrou, sendo surpreendida por ele ao acordar.
O Geir lutou ferozmente contra a Jannicke e só não matou ela porque uma amiga dela, chamada Camilla, seguiu os rastros dela e feriu o assassino com um tiro ao chegar ao hotel.
O Geir avançou na Camilla. Mas a Jannicke jogou uma picareta contra as costas dele, fazendo ele cair imóvel. E pra garantir que ele tinha morrido, ela estourou a cabeça dele com um tiro, dando fim ao ciclo de desgraças que se abatiam sobre o hotel e seus arredores desde os anos 70.

Como esse lugar se encontra atualmente?
Apesar de algumas portas e janelas destruídas, o hotel ainda se encontra de pé.

Alguém ainda mora lá?
Muito provavelmente ninguém nunca mais voltou lá depois que a Jannicke matou o Geir.
ILHA DA UNIVERSIDADE WOODSON
Onde se localiza?
De acordo com o filme Piñata – A Ilha da Sobrevivência, essa ilha que pertence à Universidade Woodson se localiza no Caribe.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Há séculos, quando a ilha era habitada por uma tribo de nativos, uma forte seca se abateu sobre a região, matando todas as plantas comestíveis. E o povo começou a morrer de fome e de desidratação, levando a tribo quase à extinção total!
Sem enxergar outra saída, os feiticeiros da tribo começaram a construir 2 piñatas mágicas, uma das quais tinha uma aparência monstruosa que misturava aspectos humanos e animais.
Através de um ritual, um dos feiticeiros chamou cada uma das pessoas da tribo e tirou todas as energias negativas que ela tinha, transferindo isso pra piñata monstruosa.
Depois que o objeto mágico já tinha sido enchido com todas as forças negativas presentes nos habitantes da região, o feiticeiro colocou a piñata no rio e empurrou ela pra longe, fazendo com que ela levasse pra fora dali todas as energias negativas que tinha absorvido...
Ao longo dos séculos que se passaram depois disso, a tribo nativa parece ter emigrado pra outra parte do Mundo, provavelmente por causa de terremotos, tsunamis ou outras catástrofes naturais que foram fazendo partes da ilha se quebrarem e afundarem no Mar, já que a ilha foi diminuindo de tamanho drasticamente conforme o tempo foi passando.
Provavelmente no final do século XX, a Universidade Woodson comprou a ilha, pretendendo construir ali um laboratório de Oceanografia.
E em 2001, um grupo de 12 alunos da universidade chegaram àquela ilha pra participar de uma brincadeira. E não demorou pra que 2 deles encontrassem a piñata monstruosa na beira de um rio da ilha, aparentemente encalhada lá já fazia muitos e muitos anos.
Eles tiveram a ideia de quebrar a piñata pra ver o que tinha dentro. E depois de pegar uma pedra e dar várias porradas na piñata, conseguiram produzir uma rachadura. Só que, de dentro dessa rachadura, começaram a sair sons de gemidos e lamentos.
Segundos depois, a piñata adquiriu vida e começou a matar todos que foi encontrando pelo caminho, pegando os espíritos deles e prendendo isso dentro dela.
A piñata também destruiu os botes dos garotos, que tinham ficado na praia, prendendo todos eles na ilha dessa forma.
Quando só restavam 3 sobreviventes, chamados Kyle, Monica e Tina, eles combinaram de preparar uma armadilha pra piñata na praia. E a criatura caiu na armadilha, mas conseguiu escapar pouco depois, começando a atacar o Kyle. Contudo, a Tina encheu uma garrafa com gasolina, pôs fogo ali e pendurou a garrafa nas costas do monstro.
Segundos depois, a garrafa explodiu e destruiu a criatura.

Como esse lugar se encontra atualmente?
Apesar dos eventos trágicos que se passaram na ilha em 2001, desde aquela época a ilha não sofreu nenhuma grande mudança.

Alguém ainda mora lá?
Aparentemente, a ilha já é desabitada há séculos (os membros da tribo que fez o feitiço com as piñatas provavelmente foram os últimos habitantes fixos de lá).
ILHA DE LEELO CAY
Onde se localiza?
De acordo com o filme Surf Sangrento, Leelo Cay é uma ilha florestal australiana.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Não se sabe se a ilha já foi habitada. Mas, no mínimo, já foi um centro de culto religioso de algum povo antigo, pois existem ruínas de um templo no centro da ilha.
Durante décadas, Leelo Cay foi o lar de um crocodilo gigante, que frequentemente entrava no Mar e atacava quem passava pelas proximidades da ilha.
Mas, apesar disso, pouca gente sabia da existência dele, já que quem chegava a ver ele geralmente não sobrevivia pra contar a história.
Além disso, a ilha também é eternamente cercada por dezenas de tubarões. E a grande quantidade de pessoas que já morreram devoradas ou mortalmente feridas por esse motivo ali já entrou pra História da Austrália.
Como a ilha é um lugar evitado por causa da fama dos ataques de tubarões, uma quadrilha de bandidos também se instalou ali, transformando a floresta da ilha numa espécie de esconderijo e espalhando algumas armadilhas pelos arredores.
No ano 2000, 2 amigos surfistas chamados Bog e Jeremy decidiram gravar um documentário surfando nas praias da ilha, passando no meio dos tubarões. E acompanhados pela camerawoman Cecily e pelo produtor Zack, eles foram pra lá, depois de passarem por outra ilha próxima e contratarem um guia de turismo chamado John e 3 auxiliares gerais chamados Sonny, Lemmya e Melba.
O John era um dos raros sobreviventes de um dos ataques do crocodilo. E assim, não tava nem um pouco confortável em ter que ir até Leelo Cay. Mas também não contou nada a ninguém sobre o assunto.
Ele deixou o resto do grupo lá com um barco e foi embora com outro, combinando de voltar pra buscar eles no dia seguinte.
O Sonny e a Melba ficaram no barco, enquanto o resto do grupo foi pra ilha. E o crocodilo não demorou a destruir o barco e devorar os 2 sem que ninguém visse.
Quase ao mesmo tempo, a fera foi atacando e devorando todos os tubarões que passavam nas proximidades da praia, causando estranhamento no pessoal que tinha desembarcado (eles não viram o crocodilo por baixo da água, mas estranharam a água ficando revolta e vermelha enquanto os tubarões se debatiam ali no meio).
Indiferentes a isso, o Jeremy e a Lemmya foram pra floresta fazer sacanagem. E quando terminaram, a Lemmya foi se lavar num lago ali perto, acabando por virar a refeição seguinte do crocodilo.
Quando procurou por ela e só encontrou pegadas de um animal enorme, o Jeremy correu pra junto dos outros e contou o que houve. E assim, eles decidiram fugir da ilha.
Eles correram até onde o barco tava ancorado. Mas, como só encontraram os destroços dele, o Bog teve a ideia de mergulhar e pelo menos pegar alguma coisa de valor que tivesse sobrado. E ele conseguiu. Mas foi visto pelo crocodilo, que seguiu ele pra fora da água. E quando os outros viram a criatura, fugiram correndo pela floresta da ilha. Mas acabaram sendo capturados pela quadrilha de bandidos que se escondiam ali.
Levados pro barco dos meliantes, eles não chegaram a sofrer nada, já que o crocodilo também atacou o barco. E aproveitando a confusão, o Bog e o Jeremy empurraram todos os bandidos pra dentro da água e assumiram o comando do barco, tentando fugir da ilha com ele.
Mas um dos bandidos conseguiu chegar até a praia e deu um tiro no tanque de combustível do barco, mal dando tempo ao Bog, ao Jeremy, à Cecily e ao Zack pra se jogar na água antes do barco explodir.
Pra sorte deles, o John apareceu com o outro barco, acompanhado pela namorada Arti.
Ele veio antes do tempo porque, ao tentar entrar em contato e não obter resposta, ele entendeu que eles tavam com problemas.
Finalmente contando sobre o passado dele com o crocodilo, o John decidiu dar fim à fera na manhã seguinte, quando eles se preparavam pra ir embora.
Assim que o John viu o bicho, atirou nele com um arpão. E a Cecily se jogou na água pra filmar a situação.
Enquanto os outros tentavam tirar ela da água, o crocodilo, na confusão, devorou o Jeremy.
Vendo que o crocodilo daria fim a todos ali, o John voltou com o barco pra ilha, concluindo que tinha que atrair o crocodilo pra lá e explodir ele: parecia a única forma de matar a criatura.
Ele decidiu fazer tudo sozinho e mandou os outros irem se abrigar nas ruínas do templo da ilha.
Todos obedeceram, menos o Zack que, meio surtado, decidiu surfar sozinho no Mar, se tornando a nova refeição do crocodilo.
E o John também não teve tempo de terminar de preparar a armadilha, já que o crocodilo apareceu lá e devorou ele também.
Vendo tudo de longe, o Bog decidiu ir até lá e buscar os explosivos, já que não havia outro jeito de se defender do crocodilo.
A Arti e a Cecily continuaram correndo na direção das ruínas do templo, mas foram atacadas no caminho por aquele bandido sobrevivente (como todos os outros bandidos da quadrilha nunca mais apareceram depois que caíram na água, entende-se que eles foram parar no estômago do crocodilo). Mas a Cecily conseguiu fazer o bandido cair numa armadilha e matou ele.
O crocodilo seguiu a Arti e a Cecily. Mas como as ruínas ficam cercadas por um rio, ele freou quando chegou ali: por um motivo que ninguém nunca entendeu, ele não entrava na água potável.
O Bog se reuniu a elas algumas horas depois, carregando os explosivos. E mais tarde, eles encaixaram os explosivos numa parede natural de pedra perto dali e atraíram o crocodilo pra lá, detonando os explosivos e fazendo o bicho ser coberto por uma chuva de pedras. Mas ele sobreviveu e abocanhou a Arti, matando ela.
O Bog e a Cecily saíram correndo pela floresta e se jogaram num rio. E o crocodilo pulou, pretendendo cair em cima deles. Mas caiu com a barriga em cima de uma pedra pontuda, que feriu ele mortalmente e por fim acabou com a fera.

Como esse lugar se encontra atualmente?
A ilha em si nunca sofreu nenhum tipo de modificação. Então, Leelo Cay continua da mesma forma em que foi vista pela última vez, no ano 2000.

Alguém ainda mora lá?
Como já foi dito, Leelo Cay já foi um centro de culto religioso de algum povo antigo, mas não se sabe se a ilha já chegou a ter habitações desse povo algum dia.
TEMPLO DE SHAKAAL
Onde se localiza?
De acordo com o filme Mahakaal, esse lugar se localiza em alguma região da Índia. Mas a localização exata nunca é revelada.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Embora a origem desse lugar nunca seja revelada, provavelmente se trata de uma masmorra abandonada, já que lá existem vários instrumentos de tortura antigos.
A construção foi erguida ao redor de um estreito, porém profundo, abismo no chão. E dá pra ver que lá no fundo existe fogo, lava ou alguma coisa parecida com isso.
Em algum momento do passado, o feiticeiro Shakaal se apossou dessa construção e transformou ela num templo onde ele adorava um demônio, criando uma estátua desse demônio feita com carcaças humanas bem em frente ao abismo.
Pra aumentar os próprios poderes maléficos, o feiticeiro raptava crianças e fazia sacrifícios humanos com elas, jogando elas no fundo do abismo.
Um dia, o pai de uma das meninas que ele tinha raptado, chamada Mohini, conseguiu invadir o templo. E embora não tenha conseguido impedir a morte da filha, espancou violentamente o Shakaal, levando ele pra longe dali pra dar continuidade à vingança dele.
O Shakaal sobreviveu à grande surra que ele levou. E em 1993, decidiu se vingar, perseguindo a outra filha do coroa, chamada Anita e começando a matar todas as pessoas ligadas a ela.
Por fim, ele raptou a Anita e levou ela pro templo, pra sacrificar ela. Mas os pais dela invadiram o templo junto com o namorado da Anita, chamado Prakash.
Depois de uma violenta luta, inclusive usando contra o feiticeiro os aparelhos de tortura que se encontravam ali (a magia do Shakaal deixava ele quase imortal, só permitindo que ele fosse morto se levasse vários e vários golpes mortais seguidos), o Prakash, a Anita e o pai dela conseguiram finalmente dar fim ao perverso feiticeiro.

Como esse lugar se encontra atualmente?
Provavelmente, abandonado.
Logo depois que mataram o Shakaal, o Prakash, a Anita e os pais dela devem ter ido embora.
Mas, como o pai da Anita era um policial, é bem provável que ele tenha comunicado o fato no departamento de polícia onde ele trabalhava e que alguns oficiais tenham ido lá depois pra recolher o cadáver do Shakaal e limpar o lugar.

Alguém ainda mora lá?
Vejam a resposta anterior.
TÚNEL FERROVIÁRIO
Onde se localiza?
O túnel em questão aparece no filme Às Vezes Eles Voltam. E embora o nome do lugar exato onde o túnel se localiza não seja mencionado por nenhum personagem durante o filme, como o túnel usado pra fazer as cenas fica em Rocheport, vamos partir do princípio de que o túnel do filme se localize no Missouri.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Em 1963, 2 crianças, os irmãos Jim e Wayne, passaram caminhando pelo túnel. E ali, foram abordados por 4 greasers, chamados Carl, David, Richard e Vinnie.
Esses greasers atacaram os 2 meninos e mataram o Wayne. E logo depois, o trem apareceu no túnel, vindo na direção deles.
O Jim e o Carl conseguiram fugir correndo. Mas os outros 3 entraram no carro e tentaram fugir dirigindo. Só que o carro foi atingido pelo trem e explodiu, matando os 3.
Em 1991, os espíritos do David, do Richard e do Vinnie voltaram das portas do Inferno em forma física pra se vingar do Jim.
Depois de terem praticado várias atrocidades, os 3 espíritos conseguiram forçar o Carl a se juntar a eles de novo. E depois de raptarem a esposa e o filho do Jim, voltaram pro túnel.
O Jim também correu pra lá. E o Carl armou uma briga com o Richard, fazendo com que ele desse uma facada nele. E antes de morrer, o Carl olhou pro Jim e explicou que, cada vez que os espíritos matavam alguém, outro espírito voltava em forma física...
Segundos depois, o Wayne se materializou no túnel.
Todos eles começaram a lutar, enquanto um trem sobrenatural se materializou no túnel e começou a ir na direção deles.
Mas o Jim conseguiu puxar o irmão, a esposa e o filho pra um canto do túnel, enquanto os greasers entraram no carro deles e tentaram fugir. Mas o carro não funcionou.
O trem colidiu contra o carro deles e destruiu as formas físicas deles pra sempre, mandando eles de vez pro Inferno.

Como esse lugar se encontra atualmente?
Em 1991, o túnel já se encontrava abandonado (provavelmente por causa da tragédia de 1963). Nem passavam mais trens por ali.
Então, provavelmente ele não sofreu mais nenhum tipo de mudança por ação humana.

Alguém ainda mora lá?
Como se trata de um túnel, ninguém nunca MOROU propriamente lá.
UNIVERSIDADE DE MARBLE ARCADE
Onde se localiza?
O prédio de 9 andares que serve como campus dessa universidade aparece no filme Shakma. E embora nem a localização nem o nome da universidade sejam mencionados por nenhum personagem durante o filme (o nome Marble Arcade aparece entalhado na marquise da portaria do prédio), como o filme foi gravado em Orlando, vamos partir do princípio de que a universidade se localize na Flórida.

Por que o passado desse lugar é considerado sinistro?
Numa tarde de 1990, um professor de Biologia chamado Sorenson submeteu um babuíno chamado Shakma a uma experiência mutante, pra tentar diminuir a ferocidade dele... Mas a coisa produziu o efeito inverso, ou seja, aumentou ainda mais a ferocidade do bicho e provocou mutações no corpo dele!
E ao acordar da anestesia soltando rugidos parecidos com os de um leão e quebrando tudo ao redor dele, o Shakma arranhou um dos alunos, chamado Richard. Mas outro aluno chamado Sam injetou um sedativo nele, fazendo ele desmaiar de novo.
Nesse meio tempo, outro aluno chamado Gary apertou o botão do alarme de emergência da sala. Mas, como o alarme tava com defeito, não teve mais como fazer ele parar de apitar, o que fez com que o Gary desativasse o mecanismo geral do alarme do prédio (e esquecesse de ligar de novo depois).
O Sorenson mandou o Sam injetar uma substância no babuíno que provocasse a morte dele. Mas ele ficou com pena e injetou outra substância que apenas manteria ele dormindo por mais algumas horas.
Depois disso, o Shakma foi deixado numa sala do 5º andar onde outras cobaias ficavam em jaulas. Mas o Sorenson, supondo que a criatura já tinha morrido, não deixou que ela fosse incinerada, pois pretendia estudar o ‘cadáver’ no dia seguinte.
Já tava programado que naquela noite eles usariam o prédio como cenário pra um jogo de RPG. Seria uma espécie de esconde-esconde estilizado em que o Sorenson monitoraria todos os outros. E os outros participantes seriam os alunos dele: o Sam, o Bradley, o Gary, o Richard, a Kim e a Tracy.
Cada jogador teria um rastreador colocado na roupa que permitiria que o Sorenson visse, por uma tela, em que parte do prédio ele tava.
De noite, o professor trancou as portas do prédio pra ninguém entrar e atrapalhar o jogo, deu o comando pros outros começarem e foi pra sala dele, de onde monitoraria o jogo pelo computador. E como o prédio só tinha 1 único telefone numa sala e não tinha nenhuma câmera de segurança em lugar nenhum, além de não ficar nem 1 único vigia nem sequer na portaria do andar térreo, eles ficaram quase 100% isolados lá dentro.
Depois do início do jogo, o Bradley foi pro 5º andar e entrou na sala onde ficavam as jaulas dos animais. E se horrorizou quando viu quase todas as jaulas arrebentadas, os animais que tavam dentro delas despedaçados a dentadas e sangue espirrado pelas paredes! E segundos depois, o Shakma fez ele se integrar à paisagem.
O Richard chegou lá não muito tempo depois, tendo um destino parecido.
Ao perder contato com 2 alunos depois que eles tinham entrado naquela sala, o Sorenson decidiu ir até lá pra ver o que tava havendo. E ele travou o elevador quando saltou no 5º andar.
Depois de ir à sala dos animais e encontrar os alunos mortos, ele correu de volta pro elevador pra pedir ajuda. Mas o babuíno veio correndo e avançou nele antes que ele pudesse fazer alguma coisa!
Ouvindo os ‘rugidos de leão’ no 5º andar, o Sam entendeu que o Shakma tava vivo e solto! Assim, correu pra lá... Depois de caminhar alguns metros pelo corredor, vendo no chão as pegadas sangrentas do babuíno, o Sam acabou esbarrando com o próprio bicho! Mas ele teve tempo de correr e bater a porta da escada antes que o babuíno alcançasse ele (as portas das escadas eram pesadas demais pro bicho empurrar).
O Sam e a Tracy subiram pro 6º andar pela escada, pra procurar um telefone. Mas, sem encontrar comunicação e lembrando que não podiam acionar o alarme de emergência, o Sam e a Tracy não tiveram outra saída a não ser descer pro 5º andar pra verem o que se passava lá e se defenderem do babuíno da forma que conseguissem.
Chegando em frente à sala dos animais, eles viram o cadáver do Richard caído no chão lá dentro. E o Shakma veio correndo lá de dentro na direção deles! Mas o Sam teve tempo de fechar a porta da sala e manter ele lá dentro. E a Tracy ficou segurando a porta, enquanto o Sam corria pelos corredores do andar pra ver se tinha mais alguém ferido.
Ele encontrou o cadáver do Sorenson, levou ele prum canto mais tranquilo e soltou o elevador.
Depois, o Sam e a Tracy correram pra escada.
Sem saber se o Richard tava vivo ou não, o Sam decidiu voltar lá pra ver. E combinou com a Tracy que ela distrairia o Shakma enquanto ele faria isso, pois ela não teria força pra carregar um homem ferido.
Enquanto constatava que o Richard tava morto, ele ouviu a Tracy gritando por socorro. Ele foi até perto dela e conseguiu chamar a atenção do babuíno e despistar ele numa sala, pegando a Tracy e correndo com ela pra escada.
Eles decidiram se separar pra reunir os sobreviventes: o Sam foi ver quem tava do 4º andar pra baixo e a Tracy foi ver quem tava do 6º andar pra cima.
A Tracy pegou o comunicador do professor e conseguiu entrar em contato com o Gary, que tava exatamente no elevador, subindo pro 6º andar.
Só que o Shakma ouviu o elevador se movendo e apertou o botão no 5º andar!
Conclusão: o elevador parou no 5º, o Shakma entrou e acabou com o Gary! E quando o elevador chegou ao 6º e a porta abriu, a Tracy só viu o babuíno terminando de matar o Gary e, não muito tempo depois, dando fim a ela também.
Enquanto isso, o Sam encontrou a Kim e mandou ela correr pro 9º andar do prédio e tentar usar o telefone que tava lá, enquanto ele ia procurar a Tracy. Mas ela, vendo que não ia conseguir nada lá em cima, decidiu descer, virando a próxima vítima do Shakma.
Depois de encontrar o cadáver da Tracy, o Sam saiu procurando a Kim. Mas ao ver que ela tava morta também, decidiu ir à sala do Sorenson e chamar ajuda por telefone. Mas, no último minuto, ele teve uma crise de consciência, se considerando culpado por tudo o que se passou ali naquela noite: o Shakma só tava vivo porque ele não matou o babuíno antes. E decidiu dar fim à criatura com as próprias mãos pra se redimir.
O Sam preparou armadilhas pro Shakma, mas só o que conseguiu na prática foi ser ferido pelo babuíno no pescoço. E ao ver que ficou com uma hemorragia irreversível no pescoço e, consequentemente, morreria em pouco tempo, ele ainda conseguiu pensar numa última armadilha, dessa vez conseguindo fazer o Shakma cair dentro do incinerador e finalmente matando a criatura.
Segundos depois, o Sam caiu no chão e morreu em consequência da hemorragia.

Como esse lugar se encontra atualmente?
A maior destruição que aconteceu na noite em que o Shakma atacou todo mundo dentro do prédio foram alguns objetos quebrados. O prédio propriamente dito não sofreu nenhum tipo de destruição.
Então, continua com a mesma estrutura que tinha antes.

Alguém ainda mora lá?
Como o prédio servia apenas a funções universitárias, as únicas criaturas que moravam lá eram os animais usados em experimentos. Mas, como o Shakma matou todos eles e ele próprio também morreu...
Não se sabe se a reitoria da universidade levou novos animais pra lá depois do que aconteceu. Mas, levando em conta os antecedentes de 1990, não é impossível que tenham desistido de abrigar animais ali.

Posts sobre as produções em que esses lugares apareceram:

Alligator (1980)


Às Vezes Eles Voltam (1991)


Batman (2003)


Conan (2011)


Mahakaal (1993)


Piñata (2002)


Presos no Gelo (2006)


Shakma (1990)


Surf Sangrento (2000)


Yeti (2008)


Até a próxima!